segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Lisboa com suas casas de várias cores...

«Lisboa com suas casas
De várias cores,
Lisboa com suas casas
De várias cores,
Lisboa com suas casas,
De várias cores...
À força de diferente, isto é monótono.
Como à força de sentir, fico só a pensar

Álvaro de Campos

9 comentários:

  1. :)
    Eu, não sendo lisboeta, tenho a dizer que acho Lisboa lindíssima, muito iluminada.

    E as casas de muitas cores, relembram-nos, todos os dias, que a vida não tem que ser a preto e branco. Há outros tons.

    beijo d'enxofre

    ResponderEliminar
  2. Sim, Lisboa e linda! Apesar de eu ve-la uma cidade branca - mas branco mais nao e do que a mistura de todas as cores.
    Beijos

    ResponderEliminar
  3. Isto lembrou-me o livro de aguarelas de Lisboa da Teresa Abecassis... Conheces? É lindo.
    bjs

    ResponderEliminar
  4. Lisboa é a cor, a luz, o som, os passinhos apressados do dia-a-dia e o deserto no fim-de-semana ou dos passeios nocturnos... nem imaginas o que me tem feito bem passear por Lisboa... ;)

    beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Pois pra mim lisboa é tão concreta e abstrata... Que toda a foto que vejo...rsrsrs... penso já ter passado por lá... Será? Tavas onde Teresa? É perto do Chiado? Abaixo da Nexpresso??? Passam bondes por aí? hummm...

    Seja lá como for, a Lisboa de casas coloridas, de azulejos e vandas mínimas e roupas penduradas, creio que está tão funda no meu coração que -necessário fosse arrancá-la - seguiria parte dele junto. beijos :)

    ResponderEliminar
  6. vandas=varandas

    e ah... o Álvaro, como arrancá-lo também do peito?

    ResponderEliminar
  7. O Campo das Cebolas.
    Gosto tanto dessa parte da cidade.
    E há anos que não ponho lá os pés.
    Qualquer dia vou visitar-te e almoçamos por aí, que tal?

    ResponderEliminar
  8. Ai, o que eu gosto desta nossa capital. Não é a minha cidade natal,mas é a minha cidade adoptiva já há 10 anos e meio. E é linda. Só é pena que esteja tão mal cuidada.

    ResponderEliminar