domingo, 14 de junho de 2009

Gola isabelina

A banda sonora devia ser, muito mais apropriadamente, uma ária de Elisabetta, Regina d'Inghilterra (Rossini), de Roberto Devereux ou de Maria Stuarda. Seja como for, continua a ser de Donizetti, só que no seu encantador L'Elisir d'Amore. Este Quanto è bella, quanto è cara!, cantado por um Pavarotti num dos seus papéis de assinatura, o ingénuo Nemorino, é perfeito para Agripininha. Como é linda, como me é querida!

O retrato foi tirado pela Madalena ontem à tarde, na clínica, Agri a receber oxigénio e eu a ter de lhe pôr esta bela gola isabelina, a pedido da enfermeira, tanto ela se retrai com outras pessoas. Agri é feminina e vaidosa até à medula, daí que eu não me tenha limitado a dar um nó às pontas de gaze: fiz um laço, claro!

A Madalena ficou impressionada com o tamanho de Agri. "É enorme!" A afagar meigamente o dorso sedoso, concordei com um sorriso enternecido, a cabeça a dizer que sim: "É o meu pequeno lince da Sibéria..."

Obrigada a TODOS pela presença, pela inquietação, pelas mensagens e telefonemas. Agradecimento ainda mais especial à Madalena e à Susana, ao Van Dog e à Kuska. Bem sei que a blogosfera tem coisas tristes e feias, mas também me deu amigos como vós.

Para a Kuska em especial, e porque referiu o santo mais santo de todos os santos, aqui fica a oração mais bela que conheço, depois do Pai Nosso. A oração de S. Francisco de Assis, que chamava irmãos ao lobo e à cotovia, que tanto amava os animais que é o seu santo protector. A oração que ontem rezei muitas e muitas vezes:

Senhor, fazei de mim instrumento da vossa Paz!

Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver dúvida, que eu leve a fé;
Onde houver erro, que eu leve a verdade.

Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz.

Ó Mestre, fazei que eu procure mais consolar que ser consolado,
Compreender que ser compreendido,
Amar que ser amado.

Pois é dando que se recebe,
É perdoando que se é perdoado,
E é morrendo que se renasce para a Vida Eterna.


13 comentários:

  1. Que linda ficas com a gola isabelina, Agri... E o laço! :)

    As tuas melhoras!

    ResponderEliminar
  2. Teresa,

    a sua bela tigreza Agri está com ar de quem vai vencer e em breve não precisará do colar isabelino, que aliás tem um tamanho bastante aceitável..

    os meus queridos Bahari e Ikbal tiveram de usar os malfadados "abat-jour" tamanho XL, os dois na mesma altura, quando foram castrados. não foi fácil!

    rápidas melhoras e muita força para as duas.

    Kuska

    ResponderEliminar
  3. Olá Teresinha

    Espero que tenhas conseguido descansar alguma coisa esta noite. Já tentei ligar-te para saber novidades. Ligo-te mais tarde.

    Quando puderes passa no teu e-mail, querida.

    beijos

    Maria Manuela

    ResponderEliminar
  4. Fica muito fashion!!! O melhor de tudo é que está a ficar melhor! Beijos! :D

    ResponderEliminar
  5. É incrivel como até de colar, (continuo a preferir a tua versão de gola isabelina) a Agripina fica bonita.

    À Bruma não lhe dava muito jeito comer e beber água com a gola. Tive que lhe dar à boca nos primeiros dias. E andava para trás em vez de andar para a frente. E batia em tudo o que era paredes. Mas habituou-se. Como diz o santo Veterinário da minha gata, fazmais confusão aos donos do que aos gatos.

    Espero que já esteja tudo bem melhor!

    ResponderEliminar
  6. Caramba... que tempos felinos terriveis se encontram por essas bandas. Que tudo melhore e volte a paz ao teu lar. Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. A Agripininha é da grande família dos felinos, tudo vai correr bem!

    ResponderEliminar
  8. Vem ver no nosso Blogue, a entrevista com a Alexandra do Bazar do Ronrons, e sabe a realidade dos gatos em Lisboa.
    http://esterilizacao-o.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  9. E como está a Agripininha? Espero que a melhorar rapidamente.

    ResponderEliminar
  10. Há nove anos, precisamente no feriado de 10 de Junho, também andei a correr desesperado com o gato para o hospital veterinário. Continua bem de saúde, felizmente.

    ResponderEliminar
  11. Espero que esteja tudo bem. Quando puderes diz qualquer coisa.

    bj

    ResponderEliminar