quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Saída de gaijas!

Já na sexta-feira, numa casa de fados perto de si (ou então não), as gaijas vão aos ditos! O Projecto Van Gogo foi adiado, mas não perde pela demora.

Intersecção de dois afamados grupos da blogosfera, as Cell Blog Chicks, sem a Sofia, por causa da sua bebé, e as Quatro Cangalheiras do Apocalipse (lesadas com a ausência da Emigra, que está no Porto, e do Coveiro, que está em Londres).

Participantes neste bonito convívio: Ana, Cangalheira Excomungada, Cangalheira Famosa, Madalena, Rosarinho, TCL e eu. Vai ser lindo, vai!

E, como não somos umas gaijas quaisquer, ficamos na mesa deste conhecido e simpático artista. As possidónias que fiquem para aí a lamber as feridas nos cotovelos...

P.S. Ou deveria ter escrito lember, para maior consonância com as tais? Aguardo veredicto das confrarias...

18 comentários:

  1. 8 mulheres. Achas que ele se aguenta à bronca? eheheheheh

    ResponderEliminar
  2. Ora, troca-se um Van Gogo por um Malhoa... e fica tudo em casa. Mas convém não borrar a pintura, hein, meninas?
    Olhem que a responsabilidade é minha... ;-)

    ResponderEliminar
  3. Ahahahah! Essa foi da pintura foi boa!
    E a responsabilidade não é tua, quem o APB convidou foi a Madalena, logo... já sabia no que estava a meter-se... :)

    ResponderEliminar
  4. Exactamente, Xô Dona Teresa. Quer-me parecer que ele teve uma piquena amostra do que a casa gasta quando esteve no Brasil. M'Ana, estás liberada.

    PS - T, gostei do teu itálico ;D

    ResponderEliminar
  5. Ai é esposa? hihihihi (num sei italicar)

    enxofre

    Nota: Num encontro o emagrecedor instantâneo, raios e mariscos, grunffff

    ResponderEliminar
  6. Devia ter posto o Fado Malhoa, que estava mais de acordo com o quadro! Huit Femmes? Lisboa vai pegar fogo!

    (E não é só a Teresa que se senta à mesa de fadistas! Funf! ;))

    ResponderEliminar
  7. Mad, francamente...
    num é "rencorosas" é rincorosas! (imagina que está em itálico, sinhe?)

    ResponderEliminar
  8. Carissima, pelo andar da carruagem, estou aqui, estou ai. nao sei por quanto tempo mais me consigo manter pendurado nesta instituicao que ja deu o que tinha a dar.
    Se as coisas correm mal, regresso e depois ja posso participar nas vossas patuscadas.
    (e como estao as coisas desses lado, nao faltara tempo livre!)
    Beijos

    ResponderEliminar
  9. Teresa, apago aquilo, o quê??? A lista de sapatinhos ilustrados?


    ASS:
    ESTRUNFINA CAPUCCINA

    (Também conhecida por T)
    http://cheiadetudocheiadenada.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Quer-me cá parecer que o Senhor nunca mais vai ser o mesmo ...

    Vocês ainda deixam a criatura sem pio!!!

    :)

    ResponderEliminar
  11. eheheheheh... Desculpem... mas eh so rir... Eh natural sentirem-se lesadas com a minha falta, quando nem sequer tive convite. Se calhar era para evitar eu passar frio na capital :D

    ResponderEliminar
  12. You would love to know, wouldn't you?sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009 às 17:35:00 WET

    É, AEnima, elas são assim!

    ResponderEliminar
  13. Mad, Ana, Diabba e Pedro,
    Um dia destes ainda passamos uma vergonha por nos sair uma enormidade destas...

    T,
    Era um comentário que eu fiz no teu blogue e em que uma troca de letras redundou num erro ortográfico. Eu não estava a conseguir apagar, mas acabei por conseguir... :)

    M&M,
    Como deu para perceber pela entrada de sábado... não só o senhor não ficou sem pio como até cantou muitíssimo bem!

    ResponderEliminar
  14. Melões,
    Não acredito que as coisas te corram mal. Não acredito, pronto!
    Grande beijo.

    AEnima,
    Vamos lá ver se nos entendemos, que pareces ter ficado melindrada: a Mad já andava cheia de vontade de conhecer a Diabba há imenso tempo e sugeriu que a desafiássemos. Eu lembrei-me de dizer também à Famosa (que acabou por não ir). Nunca houve ideia de reunir os dois grupos, apenas calhou a Diabba ser do nosso, tão simples como isso!
    Beijinho grande e não sejas tonta.

    Manel,
    Ora, como é que eu não havia de saber que eras tu?

    ResponderEliminar