terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Freud?... Who?!

Ervi Mendel é que é!

Não sei ainda bem como definir isto, se é uma troca de cortesias ou um aberto picanço, mas eu não sou pequena de ficar sem resposta.

Neste post o Ervi acusa-me de ter um gosto pronunciado por ser fotografada com monumentos fálicos como pano de fundo. Eu nem sei o que responda, ainda menos sei o que isso possa querer dizer (o psicólogo parece ser ele!), mas não me cheira a coisa boa. Vasculhei o baú das memórias e estou a ficar apreensiva... decidam vocês!

12 comentários:

  1. Olha que até...vendo bem...até eu não posso evitar: NY turns me on! Oh yea!

    ResponderEliminar
  2. NY é uma cidade fálica, não há muito a fazer...

    :p

    ResponderEliminar
  3. Pois, em NI a sky line é bastante pronunciada... mas daí a inclinar a cabeça para o lado oposto ao do Vítor na segunda foto...

    ResponderEliminar
  4. O Ervi tem carradas de razão... e esqueceu-se de mencionar o sorriso idiota estampado na cara dos dois. Não há dúvida, eh eh eh

    ResponderEliminar
  5. Eu depois de ler o comentário do Pedro e ter conseguido parar de rir, remeto-me à minha insignificância.

    Ele é que é o Freud! Eu, com boa vontade, um Pavlov de segunda.

    Vale-me a consolação de ter acertado nos "brincos de argola" :)

    ResponderEliminar
  6. Amigos,

    Duas longas conversas telefónicas impediram-me de responder aos vossos comentários. A Nani assistiu em directo à minha vida no Colosso, quando me ligou: a falar com ela num telefone, a atender outro e com uma 3.ª chamada já a buzinar. Acabei por ter de lhe pedir desculpa e desligar, que tudo o que era trabalho era urgente.

    Amanhã respondo-vos, pode ser?

    Grande beijo a todos.

    ResponderEliminar