quinta-feira, 15 de março de 2012

Paixões

E depois há estes, os actores que venero, que a cada novo trabalho me deixam quase sempre deslumbrada. Notarão que são também quase todos senhores de vozes extraordinárias, e as vozes são mesmo a minha perdição.

Jeremy Irons. A voz mais arrebatadora do mundo. «Here, at the age of thirty-nine, I began to be old...»



Al Pacino. Apaixonei-me por ele aos 14 anos e apaixonada continuo até hoje.

Sir Anthony Hopkins. Foi o meu primeiro amor, apaixonei-me por ele e pelo seu Pierre de Guerra e Paz aos 12 anos. Podia ler-me a lista telefónica.

Morgan Freeman. Que grande actor, que voz linda!

Christopher Plummer. Especializou-se em papéis secundários, e que relevo lhes dá! Ainda no fim-de-semana o vi como tio Ralph numa óptima versão de Nicholas Nickleby. Magnífico!

Kevin Kline. Descobri-o em A Escolha de Sofia e o amor dura até hoje. O que eu adorava poder vê-lo no teatro!

Edward Norton. É a paixão mais recente, diria que tem uns dez anos.

24 comentários:

  1. Há mais uma voz fabulosa, embora dono não o seja tanto: William Hurt.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto da voz dele, sim, mas não a classifico entre as melhores.

      Eliminar
  2. Gosto de todos, de todos mesmo. O Edward Norton conquistou-me na América Proibida e a partir daí tentei ver todos os filmes onde entrou. "Stone - ninguém é inocente" vi há duas ou três semanas. "O véu pintado", que achei arrebatador. "Clube de combate" e o meu adorado "A raiz do medo". Estes foram os que mais me marcaram.

    Jeremy Irons... entendo perfeitamente a paixão!

    ResponderEliminar
  3. Não lhe chamaria paixão, mas o Kevin Kline é um dos meus eleitos. Desde o "Silverado".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então eu sou mais antiga.
      É engraçado que refira Silverado, de que ainda hoje me lembrei.

      Eliminar
  4. Teresa, rapariga de bom gosto! Acabou de enumerar os meus actores preferidos, só faltam o De Niro e o Denzel Washington.

    ResponderEliminar
  5. Apesar de os achar grandes actores (De Niro muito mais), não entram na minha galeria de paixões. :)

    ResponderEliminar
  6. Concordo com todos, mas fica a faltar o Gabriel Byrne e o meu queridíssimo e anafado Gerard Depardieu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nenhum dos dois está na minha galeria. Dépardieu, confesso, um bocadinho por preconceito (é um magnífico actor), mas é tão feio e monstro! Nenhum dos meus eleitos é um deus grego, mas caramba!
      O meu actor francês-mito é Gérard Philippe.

      Eliminar
  7. Se um dia conseguisse realizar o meu sonho de produzir um filme, o Edward Norton seria sem dúvida o meu actor fetiche. De qualquer forma concordo com todos, especialmente Jeremy Irons.

    ResponderEliminar
  8. E convidava-me para assistir à rodagem, certo? :)

    ResponderEliminar
  9. Tereza

    Falta o alemão!
    Cheguei a uma conclusão, nós as duas numa sala com eles havia de ser bonito :-)

    ResponderEliminar
  10. Que alemão?
    Eu, numa sala com eles, acho que me limitava a pedir-lhes que falassem, que falassem muito. Aquelas vozes!

    ResponderEliminar
  11. Teresa

    Claro que sabe ele fez um filme com o Irons,e Samuel L. Jacson.
    Die Hard.
    O Bruce é alemão, não sei se já tem cidadania Americana!!!

    ResponderEliminar
  12. Esse Bruce! Ahhhhhhhhhhhhh!
    Bom, muito bom actoe, mas, desculpe lá, não pode comparar-se com estes e com outros que foram aqui sugeridos, que ficam num escalão superior. Mas tem uma voz fantástica. Se tem!

    ResponderEliminar
  13. Teresa
    Eu penso que pode é, a minha opinião.
    Tanto faz pancadaria, como filmes com um pouco de Esoterismo!
    Viu o RED?

    ResponderEliminar
  14. E para a comentadora que gosta do Norton, eu não perco nenhum filme dele, mas para mim o filme que o lançou foi "A raiz do Medo" com outro grande actor o Gere :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Karocha, nem eu. Tudo o que é filme com ele eu quero ver. E "A raiz do medo" é dos meus filmes favoritos de sempre. Ele era tão novinho mas foi genial. E aquele final... com ele a revelar-se ao advogado... soberbo.

      Eliminar
  15. Temos opiniões fiferentes. Falamos de bons actores? Gere e Willis estão lá. Mas não atingem as alturas dos outros que aqui já foram referidos. Mas é só a minha opinião, e isto é um espaço democrático.

    ResponderEliminar
  16. Já em relação a estes senhores, não estou muito de acordo. Mas a diversidade torna a conversa interessante.

    ResponderEliminar