segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Deo Gratias!

Foi com estas palavras exactas que o Pedro me respondeu por SMS ao saber das novas de alegria que temos do Batata. Atrapalhado, a correr para não perder um avião, mesmo assim quis saber. Para notícias mais detalhadas, favor ir ao blogue da Mãe (conhecida na blogosfera como Mad).


O Batata continua entre nós, foi hoje examinado e escrutinado por uma sumidade (o que a sumidade desconhece é a orgia de comida que o Batata teve no fim-de-semana, aquelas toneladas de colesterol ministrado com um amor imenso eram coisa para dar cabo dele, como te percebo, Mad...).

Temos Batata, há que ter fé.

Eu tenho. As minhas duas velas continuam a arder firmemente. Quero crer que o Alfie se junta agora a nós a pedir pelo Batata, que lhe oferece generosamente a luz que para ele já não chegou a tempo.

Este é o retrato favorito que a Mad tem do Batata, ele exuberante de adorável tonteira e alegria. Podem ler aqui, em Decorações de Natal (???)

Não mudo a música. A música é do Alfie e para o Alfie. Tenho a certeza de que o Batata aprova.

4 comentários:

  1. Ele me disse aqui ao pé do ouvido que aprova. Podemos ter deixado de nos tocar, mas de nos conversar nunca. Grandes alegrias ainda o Batata terá e dará... Amém.

    ResponderEliminar
  2. Julgo que as velas se apagarão amanhã (não sei por que lhes chamam de sete dias se só costumam durar seis). Não cheguei a ter tempo de acender pelo Funzinho... :(((((

    Daqui em diante vou manter uma sempre acesa pelo Batata. Miracles happen!

    ResponderEliminar